01 julho, 2007

Lapso

Pelas frestas desta janela me pergunto
Há algum sentido nesta vida?
Já não consigo notar mais nada ao meu redor
Além deste copo de whisky que treme em minha mão

Cada respiração, cada suspiro, tornar-se mais difícil
Um após outro, o brilho parece me deixar lentamente
Por que ainda vejo tua imagem em minha frente?
Por que ainda me olhas deste jeito?

Meus ouvidos me traem e já não posso mais ouvir nada
E a razão parece uma coisa distante agora
Por que estas paredes parecem mover-se?

Já não sei se estou vivo
Pois já não há nada alem do negrume pungente
A turbar meus olhos, e confundir-me

Apenas uma pergunta consome minha mente
Neste lapso de inércia, querida
Há algum sentido nesta vida?

3 comentários:

Mitryl disse...

Dando minha opinião, digamos que o sentido da vida somos nós quem damos de acordo com nossos desejos e escolhas, apenas tentando fazer aquilo que achamos ser o certo. (Olha quem fala...)
P.S.: Ênfase para a parte: "Além deste copo de whisky que treme em minha mão" AUEHAUEHAEUHA
Beijos Seu Elfo
Te adoro de montão =*

Mitryl disse...

Talvez então minha vida não tenha sentido oO Eu nunca faço o que eu acho q é certo... auheauehauehae
Estamos passando por momentos em comum mi querido
:******

P.S.: Acordei meio doida msm hj -.-

HeryckDM disse...

isso q da um bebum com blog...

ps: unico intuito deste comentário é enxer teu saco... ja conversamos no msn sobre esse texto...