30 dezembro, 2009

Um Novo Roteiro


Olhei pela janela
E vi lá fora minha vida passar
Assustei-me com o que vi
Pois lá fora, em minha vida
Eu não estava lá

Corri para debaixo das cobertas
Aturdido com o que vira
Como o personagem de uma história
Não estaria nela mesma?

Dei-me conta que tudo era uma grande invenção
Da qual sou o grande artífice
E se tenho todo o destino a minha frente para moldar
Por que perder tempo
À janela olhar?

Então abri a porta e decidi sair
Peguei minha algibeira e deixei o saco de ilusões
E daí sem rumo e sem prumo
Desci a estrada para refazer o roteiro

__________________________________________________
Um poema em versos livres como a muito não fazia. Enfim de férias, tempo de refazer roteiros, ter devaneios e postar mais assiduamente! (risos)