19 agosto, 2006

Minha Ludibriez

As vezes quero ser alguém que não sou
Quero fazer algo que não posso
Ir para onde para algum lugar impossível de chegar..

Talvez esses desejos sejam frutos de minha decepção
Com o mundo, ou da minha incapacidade diante das coisas que me cercam
Ou sejam simplesmente desejos fúteis de coisas que sei que jamais poderei fazer

Mas sigo a buscar a compreensão do incompreendido
Sigo esta trilha tão sinuosa e incerta

Afinal, talvez tudo isso não passe apenas de devaneios e divagações
Que se confundem com minha ludibriez
Enquanto vejo as luzes dos carros que passam lá fora, a iluminar
O teto do meu quarto como faíscas reluzentes, que se vão pela noite escura.

Por Elfo_Negro, em um raro momento de inspiração.

3 comentários:

Yuna nee-chan disse...

ficou lindo gabriel!
dava ate pa virar musica!
ja imaginou cantando e tocando no violão esse post?XD^~

escreve mto!*.*

x************************************

NaRu disse...

=) só posso esperar q os momentos de inspiração sejam cada dia mais constantes =*****

Nathi disse...

Nossa, sei como é.
Desejar estar longue para acreditar que as coisas podem ser diferentes.

Foi um ótimo começo!

Beijo