10 maio, 2007

Longe

Muitos dias eu queria estar longe, pra ser sincero a maioria deles, longe desta inércia, longe destas paredes ofegantes, longe desse meu eu que morre aqui, a cada segundo.

Longe de ver meus sonhos escaparem por esta janela sempre aberta, a leva-los além de onde posso vê-los.

Longe desta porta sempre fechada a trancafiar-me neste pequeno mundo de dúvidas e não-vida, a fazer-me companheiro desta melancolia.

Mas sei que vivo longe.. sem dúvida vivo longe. Daquela que amo, dos meus anseios e da estrada lá fora, que onde me levaria afinal?

1 comentários:

Thiara disse...

é.. só p deixar registrado que ficou PERFEITO...

** repetições **

Mas n podia deixar de falar isso

=***