04 outubro, 2007

Qual será o fim da história?

E a longínqua silhueta vai sumindo na baixa luz
Ele permanece parado, de olhar inerte
Parece-lhe duro aceitar

Recostou-se a um poste sem luz, afinal
Apenas a pequena chama de seu cigarro parecia iluminar aquele lugar lúgubre
Deu um breve suspiro resignado, olhando o enorme vão da noite
Folhas velhas agitavam-se ao longo do asfalto negro, e nada mais parecia ter vida além das fachadas escuras de portas trancadas

Pôs-se a andar novamente após uma ultima baforada a olhar aquele céu cinzento
Nada ocorria-lhe a mente, apenas o som de seus passados quase mudos

Qual será o fim da história?

3 comentários:

Mitryl disse...

Que tal...
"E eles viveram felizes para sempre"???
^^

:**********

ceri disse...

...esperou amanhecer e viu que a vida é bela e sentou num banquinho e conversou horas e horas com...
...não percebiam o tempo que estavam lá, até que um motorista disse:
- a conversa tá é boa, a terceira viagem que eu faço e vocês ainda aqui!

;P

te doro!! ;****

Thiara disse...

cada vez mais acredito que o fim sempre eh tao inesperado qnto a vida.

e a gnt tem q seguir ne?

adoro vc.