06 dezembro, 2007

Caso Pensado

Incompreensível. Esta lhe seria a atribuição mais correta
E ele já perdeu a vontade de entendê-la
Pois havia algo novo no ar, ele descobrira um lado até então desconhecido
Um lado interessante em sua personalidade

Recordava-se do início de tudo
E de como era tudo tão diferente
De como estão mudados
E das coisas que jamais voltariam a ser como antes

Melhores agora? Talvez, há muitas perspectivas
Muitos fatos. Porém mais próximos, sem dúvida

E ela torna a surpreendê-lo
Mesmo ela lhe sendo previsível em muitas ocasiões
Mas logo em seguida volta-se ao incompreensível novamente
E ele, volta-se a seu estado de dúvida fundamental
Ou simplesmente busca de uma nova motivação no outro

E afinal ele questiona-se por que ainda aqui? Por que ainda assim?
Ela? Já não sabe
Incompreensível
Já dito
Já cogitado
Imaginado

Caso pensado

1 comentários:

Thiara disse...

ui..

tenho ate medo de saber oq te fez escrever isso..

saudade de vc
:*