29 janeiro, 2011

Para Thárcia Karine

Sinto falta, de sentir tua falta,Das nossas madrugas [quantos segredos],Do vício do dominó,Da nossa filosofia barata,Das confissões [que só você sabia ouvi-las tão bem]
Sinto falta da menina dos sorrisos [mas que só tira foto de um lado]E das tantas bobagens que eu dizia para tê-los,De sempre te lembrar de estudarE você de me chamar de Charlie
E como [você me disse] a 2 anos atrás:
“Eu tenho tanto pra te falar, mas como palavras não sei dizer:Como é grande o meu amor, por você.”

9 comentários:

Pegadas do Coração disse...

Que romantismo, meu amigo!A pessoa, a qual você dedicou o poema é sem dúvida, bastante especial. Sinto o amor no ar...Kkk..
Andei sumido, mas estou de volta!
Um abraço.

Joyce Kelly disse...

E é desse Gabriel que eu gosto mais... rs
Como é bom saber que existem pessoas que sabem nos entender tão bem, que sabem fazer de momentos aparentemente tão comuns tornarem-se tão especiais.
Bela demonstração de amor/carinho!

Até que fim, postou algo, menino. Já estava com saudade de te ler. rs

Beijos e obrigada pela visita.

Grazyella Marques disse...

Que linda dedicatória heim...Garota de sorte! Acho lindo quando a pessoa se expressa sem medo e realmente diz o que está sentindo no coração.. Um beijo:*

Thárcia Karine disse...

ouww,Gabrieeel,q lindo! *-*
fiquei mt emocionada; até pq a gente não tem contato há um tempão..
mt bom perceber q o q a gente sente não tá morto, apesar da distância.
Sinto mt sua falta tb... [saudades da tua chatice, lembra? rsrsrs]
bom,tenho nem palavras p agradecer e p definir o q realmente senti ao ler seu post. Como eu já disse: "eu tenho tanto p te falar, mas com palavras não sei dizer"

Amo vc demais!

beeijos,
da sua eterna maninha!

P.S: eu sou meeesmo uma garota de sorte, hahaha xD

Lina disse...

AI QUE COISA MAIS LINDA!

Dramas de Ritinha disse...

nossa muito lindo garota de sorte.

Yaya disse...

Um homem que é capaz de admitir um amor, seja de qual espécie for, é capaz de tudo... capaz de ganhar o mundo. Declaração linda.. Beijos

Mandy disse...

AAAH, que liindo! Mas Thárcia não merece! HAUHAUAHUAHAU /inveja! brinks *-* muito lindo.

Joyce Kelly disse...

Saudade boa de teus devaneios...
Abraço.

p.s. "Quem faz um poema, salva um afogado." (M. Quintana)