07 maio, 2010


Paro
Penso, me
Perco e logo vejo,
Poeta
Pequeno sou.

Pois,
Ponderado em
Palavras
Prolixo em sentimentos

Peço à vida
Piedade
Pois,
Poeta fui
Poeta sou

Preferi o sentir,
Perdoai.

(Gabriel B. Rodrigues)

9 comentários:

♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

Lindo Gabriel!
Parabéns...continuas sensível!!

BjO *-*

http://evesimplesassim.blogspot.com/

Pegadas do Coração disse...

Concordo com Evelin..Realmente a sua sensibilidade nas palavras é incrível!
Parabéns,rapaz!
Abraços!

LarissaCavalcante ♥ disse...

Gostei do seu blog, por isso acabei de indicá-lo para receber um selo. Passe no meu, pegue e repasse.
Continue sempre assim!
Beeijo’

http://lagrimainterrompida.blogspot.com/

Thárcia Karine disse...

"Ponderado em
Palavras
Prolixo em sentimentos"

*-*

lindo poema,maninho!

=*

Marcela Barreto disse...

Olá Gabriel,

Passe no meu blog, tem um selo para você, na opção selos.

http://memoriaspsicodelicas.blogspot.com

um abraço!

Naty Araújo disse...

Tá lindo esse.
Sutil, sensível e profundo.

Poeta não tem uma explicação lógica, mas pequeno vc não é não.
Está crescendo a cada escrita.

Beijos

cacaubertrand disse...

Lindo, tal como tudo que escreves.

Hj recebi o prêmio dardos e seu blog é um dos que escolhi pra repassá-lo.

abs amigo poeta
=)

Raquel S. Ramos disse...

Pode parecer bobagem mas tem um selinho pra você lá no meu blog. O que significa que curto seu trabalho XD Abraço

Mazane disse...

E olha que preferir o sentir não é tarefa nada fácil, mas é uma linda escolha. Adorei seus textos, aproveitei e li vários!!!!