29 maio, 2010

Sentido

Queria ser capaz de te dizer o que sinto
E com todas as palavras fazer-te suspirar
Porém não passo de um desiludido
Que só sabe poetizar
Aquilo que deveria ser dito
E não escrito
Em uma noite de luar

Pois ainda escuto vozes na brisa
Sussurrando teu nome em meu ouvido
E o coração em desalinho desafina
Por querer estar contigo
Afinal, a verdade
É que na realidade
Só você me dá sentido


(Gabriel B. Rodrigues)
______________________________________________
Esse poema faz todo sentido para mim ultimamente, e gostaria de dizer que ele é dedicado a alguém. Tem sido tão difícil escrever ultimamente, com tantas coisas acontecendo, que tão pouco significa tanto.

13 comentários:

Joyce Kelly disse...

Muito profundo o seu poema.
A maneira como você descreve os seus sentimentos é tão simples e tão intensa.
E como você disse, "tão pouco significa tanto."
E é isso que encontro em seus poemas, simplicidade e beleza nas palavras.
Sentimento e arte!

Abraço!

MikaelMoraes disse...

Rapaz, vc escreve muito bem. Parabéns. Uma dica é vc ir juntando isso em um caderno e depois publicar.

http://mikaelmoraes.blogspot.com

B` Guimarães disse...

Muito bom... você e o pedro prado são os melhores q eu já vi por essas redondezas...

Neuro-Musical disse...

Muito interessante seu poema. Sabe escrever bem e colocar as palavras certas.

http://cerebro-musical.blogspot.com

jaka disse...

obrigado por suas palavras em meu blog; lendas urbanas me fascinam...

Camila Carvalho disse...

Somos dois com desejo de falar com alguém ao invés de escrever.
Mas não faça como eu e perca essa pessoa porque chega alguém que fala e te rouba o sentido..=S
Belo poema, parabéns
Abraço

Fernando disse...

Poetizar é dizer tudo e fazer suspirar!

Perfeito!

Abs,
seuanonimo.blogspot.com

Pegadas do Coração disse...

Estou sentindo também.
Nesse trecho:
Queria ser capaz de te dizer o que sinto
E com todas as palavras fazer-te suspirar
Porém não passo de um desiludido
Que só sabe poetizar
Aquilo que deveria ser dito
E não escrito..
Então, só que o medo faz você parar e não consegui mais ir em frente! Talvez, escrever seja melhor forma de expressar os seus verdadeiros sentimentos por ela.
Abraço!Estava precisando destas palavras!

Liipee disse...

bom, obrigado pelo elogio Gabriel, afinal, você tem o nome do meu irmão.. Gabriels, sempre tão talentosos.
Esse poema é bem interessante, li umas 3 páginas e me identifiquei com vários..
esse, em particular o primeiro verso me diz mt coisa..
mas no final, de escolhr alguem me confundo, há tantas possibilidades,
abraço, e continue assim, volte sempre que quiser,
:)

Aline disse...

muito lindo biel!parabéns mesmo!!

Talles azigon disse...

nos poetas nos perdemos nas nossas próprias palavras

seria maldição nossa nobre colega?

Tatiana M. disse...

Realmente intenso!
Gosto de passar aqui pois acho lindo como você consegue transpor em palavras o que mal conseguimos definir como sentimentos.

bjão

Dramas de Ritinha disse...

lindo feito o dono !Rsr...